Qual dessas pedras você mais se identifica? Descubra o que elas significam e o que revelam sobre você

Qual dessas pedras você mais se identifica? Descubra o que elas significam e o que revelam sobre você

As pedras são carregadas de energia do bem e trazem positividade para a vida humana, quem acredita nessa filosofia de vida sabe, que elas revelam o lado oculto, confira

Qual dessas pedras você mais se identifica? Descubra o que elas significam e o que revelam sobre você
As pedras são carregadas de energia do bem e trazem positividade para a vida humana, quem acredita nessa filosofia de vida sabe, que elas revelam o lado oculto, confira
Curiosidades

Priscilla Rodighiero Publicou - qui 11, outubro de 2018 às 05h10

Por Priscilla Rodighiero qui 11, outubro de 2018 - 05h10
Curiosidades
Qual dessas pedras você mais se identifica? Descubra o que elas significam e o que revelam sobre você
Ametista

A pedra ametista é uma pedra preciosa de cor violeta – que pode variar do lilás mais transparente até um roxo vivo e intenso – que possui, além de infinita beleza, diversas propriedades que trazem benefícios ao nosso corpo físico e espiritual. Descubra no artigo o significado esotérico e curiosidades sobre essa pedra.

Acredita-se que seja a pedra essencial para o crescimento espiritual. Ela ajuda a elevar e atingir os níveis mais profundos de concentração, facilitando a meditação.

Loading...

Essa pedra preciosa é conhecida pelo seu poder de transmutar energias negativas em positivas, tanto em níveis espirituais quanto esotéricos, ela faz isso ao promover uma limpeza nas conexões da terra com outras dimensões. Ela protege a nossa mente e o nosso coração das energias negativas e más influências.

Por sua cor, ela canaliza as energias de cor violeta, que promovem a purificação do corpo físico, ajudando na eliminação de qualquer tipo de malefício que esteja tomando conta dele.

A cor violeta garante a presença de energia protetora capaz de melhorar a nossa captação de energia vital. Outro poder importante, é a capacidade de despertar os chakras superiores e fortalecer a intuição. Influencia principalmente o sexto chakra frontal, estimulando a memória e a motivação.

Se você se identifica com a ametista, demonstra que busca amadurecimento na espiritualidade, também que é uma pessoa sensível e intuitiva. 

Safira

A maior parte das pessoas, quando fala dessa pedra, se refere à linda Safira de um azul profundo, mas a ela pode se apresentar em tons de cinza, preto, amarelo e verde.

As Safiras são encontradas nos Estados Unidos e Austrália. E a melhor maneira de descrevê-la é comparando-a com a beleza do céu noturno.

A Safira tem a serenidade, a quietude sem fim e a calma do panorama visto do topo de uma montanha. Você pode se expor à sua influência tranquilizante e deixar que a distração e a negatividade se afastem.

A Safira o ajuda a descobrir a melhor maneira de contemplar a paz da existência, diminui as tensões e alinha os planos físico, mental e espiritual.

A Safira o ajudará a ter um contato maior com a sua própria essência e a entender seu papel no funcionamento do universo. A Safira também é útil para a meditação.

A Safira pode ser uma pedra importante para aqueles que sofrem de confusão mental ou depressão, para os envolvidos em situações que fogem do seu controle, ou ainda, para as pessoas que têm problemas de concentração.

As doenças ou as enfermidades são muitas vezes o resultado de um desequilíbrio do organismo. Esta pedra contribui para restaurar o equilíbrio perdido, através de sua habilidade para diminuir o stress e a tensão.

De todas as Safiras, as pretas são as de maior poder de proteção. Elas devem ser usadas em anéis.

A Safira é sugerida para Gêmeos, Virgem, Libra, Touro e Capricórnio e é recomendada para curadores e pessoas envolvidas em atividades mentais.

Você Sabia?

A utilização da Safira para remover todas as impurezas ou corpos estranhos dos olhos foi notada por Albertus Magnus, que descreveu seu emprego com esse propósito.

Ele acrescentou água fria tanto antes quanto depois da operação. (Esta precaução foi tomada principalmente para limpar a pedra, uma necessidade quando uma grande quantidade de pessoas sofrendo de doenças contagiosas dos olhos usava a mesma pedra.)

O método adequado de aplicação da Safira para curar tumores devido à peste está consideravelmente detalhado por Von Helmont.

Uma gema de cor firme e profunda deveria ser selecionada e esfregada gentilmente ao redor do tumor pestilento.

Durante e imediatamente após essa operação, o paciente sentiria pequeno alívio; porém, se estivesse num estágio muito avançado, apareceriam sintomas favoráveis um bom tempo depois de retirada da pedra.

Essa habilidade era atribuída à força magnética da Safira, força esta que, mesmo com a ausência da gema, continuava a extrair “a virulência da peste e o veneno contagioso da parte infectada”.

Darmigeron assinala que a Safira é uma pedra digna de reis e confirma que os monarcas a usavam ao redor do pescoço como uma defesa poderosa contra quaisquer males.

Dizia-se que ela preservava seu usuário da inveja e também atraía a presença divina.

Conta à lenda e a tradição que as leis dadas a Moisés estavam gravadas em tábuas de Safira (no entanto, eram provavelmente de Lápis-lazúli, porque a Safira não aparece em tamanhos necessários para gravação de tal lista).

Se você escolheu essa pedra, significa que voce é calma e tranquila, que pensa em tudo que faz, que transmite paz aos que te cercam e demonstram ser bem resolvida em relação a vida e a tudo que te cerca.

 

Esmeralda

A Esmeralda vem da família do Berilo (a qual nos dá também a Água-Marinha) e é encontrada em tons de verde, variando do muito claro ao muito escuro.

A literatura esotérica afirma que uma Esmeralda foi trazida para a terra pelos Senhores de Fogo do Planeta Vênus.

Apesar de sua origem não comprovada, a Esmeralda é uma importante pedra para todos aqueles que trabalham com ciência ou cura.

Ela provê inspiração e ajuda àqueles que necessitam de equilíbrio, cura e paciência infinita.

Uma Esmeralda propicia ao usuário equilíbrio físico, emocional e mental. Uma pedra de inspiração e relaxamento, ela pode ser usada por qualquer pessoa sem efeitos danosos.

As Esmeraldas pálidas e transparentes têm valor em trabalhos meditativos assim como em curas. Alguns livros sugerem que a Esmeralda reforça os ossos das costas e alivia problemas de açúcar para os diabéticos.

Apesar da Esmeralda ser muitas vezes combinada com outras pedras em joias, ela funciona melhor quando sozinha ou quando combinada com um Brilhante (Diamante Lapidado).

É uma das poucas pedras preciosas que pode ser imperfeita e mesmo assim reter seu valor aos olhos dos apreciadores.

A Esmeralda dá sabedoria no plano mental, de modo que seu possuidor é motivado a dar amor e sapiência a outros.

Como joia, a Esmeralda deve ser usada no dedo mínimo ou no anelar, num pingente sobre o centro do coração (no meio do peito), em uma pulseira no braço direito, entretanto não deve ser usada constantemente, apenas quando a pessoa sentir necessidade.

As espécies feitas pelo homem são úteis, porém não tão benéficas quanto as naturais. O corpo tem maior dificuldade em assimilar energia de uma pedra artificial, a qual não tem todos os elementos presentes nas naturais.

O campo de força dessa pedra é diferente em seu estado virgem do que quando ela é facetada para refletir a luz.

Há uma exceção, a variedade opaca (a qual não deve ser usada para harmonizar a mente ou a emoção).

Um desenho lapidado na superfície de uma Esmeralda envia pontos de energia a áreas específicas de referência que diferem de acordo com o símbolo inscrito.

Ela manifestará a essência do símbolo no éter e emitirá suas emanações e contribuições.

As de cor verde clara são valiosas para meditação.

As Esmeraldas são de especial valia para os atletas, quiropráticos, conferencistas, conselheiros matrimoniais, massagistas, optometristas, pessoas que trabalham em áreas radioativas ou em ambientes fechados.

Uma Esmeralda melhora a capacidade psíquica, aumenta a consciência e ajuda o indivíduo a adquirir equilíbrio, além de reforçar o sistema imunológico.

Acreditava-se que as Esmeraldas serviam para adivinhar eventos futuros, mas não sabemos se as visões eram realmente observadas na pedra, como são em esferas de cristal ou Berilo, ou se uma Esmeralda dotava o usuário de conhecimentos sobrenaturais sobre o futuro.

Como uma inimiga de todos os encantamentos e conjurações, as Esmeraldas eram temidas pelos mágicos, que não se consideravam aptos a atuar se uma pedra estivesse nas proximidades.

As Esmeraldas eram usadas para melhorar a memória, ajudar a eloqüência e revelar a verdade ou a mentira das juras de amor (apesar de serem vistas como inimigas da paixão sexual).

As Esmeraldas mais claras eram consideradas as melhores, pois tinham a reputação de ter vindo dos “ninhos de abutres”.

As Esmeraldas eram empregadas como antídotos para venenos e feridas venenosas, assim como contra possessões demoníacas.

Usadas ao redor do pescoço, eram vistas como um fator de cura para a epilepsia.

No século III, a pedra preciosa mencionada por Theojratus no seu tratado sobre gemas era uma Esmeralda, sugerida para vista cansada.

Esta teoria era tão prevalecente naquele tempo que os gravadores de pedra conservavam Esmeraldas em suas mesas de trabalho de modo a poder, de tempos em tempos, olhar para elas para aliviar a fadiga dos olhos.

No século XIII, os médicos hindus consideravam que a Esmeralda tinha um efeito laxativo e além de curar disenteria, diminuía a secreção da bile e estimulava o apetite, promovendo a saúde do corpo e destruindo as influências demoníacas.

Teifashi , já em 1242, acreditava que a esmeralda curava a hemoptise e a disenteria, se usada sobre o fígado da pessoa enferma. Para sanar problemas estomacais, deveria ser colocada sobre o próprio estômago.

Onde quer que as Esmeraldas fossem guardadas, seu usuário seria protegido contra criaturas venenosas e espíritos malignos.

Talvez a luz refletida por muitas dessas gemas sugerisse a idéia de que elas irradiavam uma certa energia curativa. Acreditava-se, também, que uma serpente que olhasse uma Esmeralda perderia a visão.

Na primeira década de 1600, a cura para disenteria consistia em suspender uma Esmeralda de modo que ela tocasse o abdômen. Uma outra era então colocada na boca do paciente.

Elas têm afinidades com Câncer, Touro, Libra, e, pedras de cor mais profunda, com Touro e Escorpião.

Se você escolheu a esmeralda e se identifica com ela, so demonstra que voce é uma pessoa muito centrada e tem bem claro o que quer. Além disso sua bandeira de vida é o amor, a cura, a paz, a liberdade. Você é um especialista em criar pontes e ajudar a curar relacionamentos.

Rubi

O Rubi é uma pedra preciosa encontrada nos Estados Unidos, Índia e Sri Lanka, sua coloração clássica é de um profundo vermelho, mas pode variar entre o rosa e a cor alfazema.

O vermelho é normalmente interpretado como uma cor de paixão, e algumas vezes o efeito do Rubi é o mesmo de sacudir uma capa vermelha na frente de um touro, por esta razão deve ser usado com conhecimento para tirar proveito da experiência, de outro modo você pode ser vencido pela paixão que surge.

Essa pedra nos ajuda em todos os assuntos de amor, inclusive de amor a nós mesmo.

Eles beneficiam o coração e o sistema circulatório e podem promover a filtração e desintoxicação do corpo. A literatura também sugere Rubis para os olhos.

O Rubi é uma pedra de energia que estimula a motivação e a visualização, ele pode ajudar o seu portador a ser mais realista em relação a seus objetivos e mais honestos em suas intenções.

Lembre-se que o Rubi é um poderoso amplificador de energias, tanto positivas quanto negativas, ele pode trazer rapidamente à superfície a raiva ou a negatividade, mas também pode dispersar essas energias com o sua energia positiva.

Permita a si próprio ser purificado pela experiência e não subjugado pela mesma.

Essa pedra também pode amplificar a energia positiva, aumentando qualquer pureza que você já possua. Esta energia positiva alguma fornece um suprimento extra de energia que se pode utilizar quando se lida com o lado negativo provocado pelo Rubi.

Os Rubis devem ser usados como broche, anel ou pulseira de tornozelo e ficar distantes do plexo solar.

O Rubi é pedra indicada para aqueles nascidos em julho e tem afinidades com os signos de Áries, Sagitário, Leão, Capricórnio e Escorpião.

Se o Rubi te atraiu e você se identificou com ele, so demonstra que você é uma guerreira (o). Pessoas que são atraídas pelo vermelho possuem personalidade forte e decidida. São pessoas que não desistem de suas lutas e infelizmente sofrem muito com a inveja.

Loading...