Menina de 9 anos escreve bilhete para avó contando que estava sendo abusada pelo padrasto

Menina de 9 anos escreve bilhete para avó contando que estava sendo abusada pelo padrasto

Ao ouvir o padrasto dizer que iam se mudar, a criança pediu a avó para ficar morando com ela.

Menina de 9 anos escreve bilhete para avó contando que estava sendo abusada pelo padrasto
Ao ouvir o padrasto dizer que iam se mudar, a criança pediu a avó para ficar morando com ela.
Aconteceu no Brasil

Welhyngton Publicou - qui 11, outubro de 2018 às 15h10

Por Welhyngton qui 11, outubro de 2018 - 15h10
Aconteceu no Brasil
Menina de 9 anos escreve bilhete para avó contando que estava sendo abusada pelo padrasto

Uma garota de apenas 9 anos contou à avó que vinha sendo abusada sexualmente pelo padrasto e ela fez isso revelando os detalhes em um bilhete. "Vó, eu quero morar com a senhora porque meu pai faz besteira comigo", escreveu a criança, referindo-se ao padrasto. Ela ainda contou no bilhete que a mesma coisa que o homem fazia com sua mãe, também fazia com ela.

       

Loading...

O caso foi registrado no Conselho Tutelar da zona leste de Manaus, onde o caso ocorreu nesta última sexta-feira, dia 28. A menina fez vários corações e também flores no mesmo bilhetinho onde contou que à noite, antes de dormir, o padrasto tem relações com sua mãe e depois com ela.

A avó foi com a neta até o Conselho Tutelar e logo em seguida se dirigiram até a Depca - Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente de Manaus, onde um boletim de ocorrência foi feito. O Conselho pediu proteção à vítima e também que o padrasto fosse imediatamente afastado dela, sendo que agora é a avó que está cuidando da criança.

A conselheira tutelar revelou que a criança contou que foi estuprada por diversas vezes e que isso acontecia desde que ela tinha apenas 6 anos. Como era reprimida, nunca contou nada para a mãe, então foi aguentando calada durante anos. Aos 9, já sabendo escrever, usou o bilhete para a vó como forma de gritar ao mundo o que vinha se passando em sua casa, sem que ninguém soubesse.

Garotinha contou tudo que vinha sofrendo

A menina relatou que de todos os abusos sofridos, o mais violento foi quando a família morou em Goiás, em um sítio.

Ela teria ido com o padrasto cuidar do gado e depois voltou reclamando de fortes dores e também estava sangrando, porém, ficou com vergonha da mãe e não revelou nada do que aconteceu. A mãe levou a criança ao médico e disse que se tratava de uma infecção.

Há cerca de 2 meses, a família voltou para Manaus e foi morar no mesmo terreno da avó, nos fundos. A criança contou que vinha sendo abusada e no dia que ouviu o padrasto dizer que eles iriam se mudar dali, decidiu escrever o bilhete para a vó, pois imaginou que ao se mudarem, tudo ficaria muito mais difícil. A menina logo deduziu que morando longe, seria violentada com uma frequência maior e foi quando pediu para morar com sua avó.

Assim que o caso se tornou público, o acusado deixou a casa e acredita-se até o momento que a mãe e também o pai biológico, não sabiam o que estava acontecendo com a filha. O sujeito tem duas filhas com a mãe da garota, mas a vítima disse que somente ela era abusada. A garotinha contou ainda que tudo acontecia sempre que sua mãe dormia e que ela tinha o sono muito pesado.

Loading...